GLORIA [B]SUA DERROTA,SUA SOLIDÃO[/B] LYRICS

(cuspa seu ódio em mim)
cuspa seu ódio em mim
(não tenho culpa se o veneno
seu mundo escroto)
eu dou risada de ver
(eu dou risada de ver
que se foda se você não notar)

entra de gaiato
o teu sorriso a me olhar
dou risada sem pensar
(o quanto que eu tenho)

eu vou viver sem ter medo de sangue
sofrimento, idéia e sonhos
sob a sua vida
(berros)

louvemos juntos toda a sua solidão
(até em ver o seu funeral)
sentirei saudades em ver você sofrer

uma só razão(para brindar)
sua solidão

você entende as minhas palavras
um dia a paciencia acaba
e eu te darei o que eu previ
(seu funeral)

eu vou viver sem ter medo de sangue
sofrimento, idéia e sonhos
sob a sua vida

ja faz quanto tempo
que eu não vejo você sorrir
ja faz tanto tempo
que eu ganhei de você

uma só razão(para brigar)