PÚBLICA 1996 LYRICS

Renasci, os invernos não são mais como aquele em que
você partiu
Não tem mais tua verve poraqui
Há 10 anos você partiu
E afinal de contas eu tenho contas a pagar
Por um passado

1996 olha quantos anjos estão sobre você
Olha quantos sonhos experimentados
Deuses e demônios vivem do meu lado

Renasci, os invernos não são mais como aquele em que
você partiu
Não tem mais tua verve poraqui
Há 10 anos você partiu
E afinal de contas eu tenho contas a pagar
Por um passado

1996 olha quantos anjos estão sobre você
Olha quantos sonhos experimentados
Deuses e demônios vivem do meu lado

1996 olha quantos anjos estão sobre você
Olha quantos sonhos experimentados
Deuses e demônios vivem do meu lado